quinta-feira, 20 de março de 2014

para todos nós, com muito Amor!


© UEFAAFP/Getty Images


caríssima(o),

que prazer poder estar a comunicar contigo assim: com o espírito alegre, bem vivo, a flutuar muito leBezinho por cima das nuvens. e com um enorme sorriso estampado no meu rosto.

cumprimos com o objectivo proposto, desde início - passar esta dificílima eliminatória, ao nível de um encontro de Champions - e pudemos dedicar a passagem ao malogrado Capitão, vítima de uma lesão que infelizmente sei bem o quanto custa a sarar.
mas, no meu entendimento, porque seria extremamente redutor oferecer a passagem desta eliminatória só ao Helton, resolvi alargá-la a todos nós, portistas indefectíveis: aos que cepticamente não confiavam no seu sucesso (para que passem a Acreditar e se convençam de que, apesar da má época, os tempos são efectivamente outros) e aos que, como nós, confiavam que seria possível (porque já estávamos a merecer uma noite europeia desta envergadura e desta índole). dos nossos detractores, não reza a História, nem sequer são para aqui chamados, pois que não falam a mesma linguagem que nós...

é certo que, esta noite, em Nápoles, no mítico San Paolo (palco do semp'eterno d10s)"nem tudo foram rosas". houve, sobretudo durante os vinte minutos iniciais de cada parte, muitos "cardos", com muito espírito de sacrifício, muita entrega e muita capacidade de sofrimento. e muitas faltas defensivas, de marcação a meio-campo, de muita inoperância ofensiva. e muitos palavrões da minha parte, igualmente por uma arbitragem que me pareceu um pouco caseirinha (desconheço a opinião do burro de Carvalho sobre este aspecto, mas estou à espera de um novo comunicado mal termine a eliminatória do spórtém... na PSP4, que, garantem-me, está muito renhida  ).
mas, justiça seja feita, e para lá dos golaços de Ghilas e de Quaresma, houve muita mestria do nosso treinador (que, para mim, é tudo menos) «interino». mais do que reagir, agiu em conformidade com o cariz que o jogo estava a levar, mudando-o por completo.
a transformação do ineficiente 4-3-3 num claro 4-4-2, com as entradas de Josué e do nosso argelino, revolucionou a partida e colocou o Napoli em sentido. de um momento para o outro, passámos de submissos a mandões; e, num instante ainda, de uma eliminatória quase perdida, passámos a controlá-la por completo e a descomprimir ainda faltavam sensivelmente dez minutos para o seu término (tempo de descontos incluído). e assim se justifica o golo do empate do Napoli, que nos impediu de conquistarmos, com todo o mérito, aquela que seria a nossa quarta vitória em solo italiano e a primeira derrota da squadra actual terceira classificada na Serie A, nas competições europeias...
portanto, daqui vai o meu sentido "muito obrigado!" para Luís Castro, pela enorme alegria que me/nos proporcionou.

por último e sem querer individualizar, pois que, como conjunto (e atrevo-me a afirmá-lo), pela segunda vez esta época, na Europa do Futebol, fomos uma verdadeira Equipa (a primeira, foi em nossa casa, ante o Atlético de Madrid), estou super-feliz por perceber que FabianoReyes e Ricardo "não tremeram". e estou em crer que estes noventa minutos que amealharam ser-lhes-ão preciosíssimos - mais do que dez vezes mais esse tempo no nosso comezinho futebol...


somos Porto!, car@go! 
«este é o nosso destino»:  


beijinhos e abraços sempre! muito portistas!
Muito Obrigado! pela tua visita :)



7 comentários:



  1. o "incrédulo" revelou aquele que também foi o meu estado de espírito, esta noite:

    «Pela primeira vez, esta época, saltei do sofá por duas vezes a gritar "guuooloo!" do FC Porto!».
    mas com aquele sentimento de "guuuoloo!, car@...ças", estão a ver? vindo de cá de dentro! sentido, mesmo!

    post scriptum:
    e por aqui me fico, pela bluegsfera. assistir a comentadores que nem portistas são, a destilar ódio contra nós?! e pá, tenham lá a santa paciência! nós é que "somos Porto", fónix!

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! :D
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar
  2. Estes dias, por motivos que não são para aqui chamados, não têm sido fáceis para mim.

    Só mesmo o FCP para me proporcionar dois "balentes" e felizes berros e ainda apreciar o ar de felicidade do meu filhote mais velho a vir a correr para me vir dar +5 para logo de seguida o pequenote vir imitá-lo :)

    Abr@ço e VAMOS PORTO!!!

    ResponderEliminar
  3. Viva Miguel!

    FC Porto elimina Nápoles em grande estilo
    20/03/2014 - Os Dragões estão de parabéns portaram-se em San Paolo como autênticos guerreiros! Ghilas e Quaresma foram os heróis porque fizeram a diferença!
    Liga Europa- Ao intervalo os Dragões perdiam pela margem mínima.Nápoles 1 FC Porto 0

    Nesta equipa do FC Porto, falta fibra e experiência ao Carlos Eduardo e velocidade aos avançados: Varela e Jackson.
    Na defesa Reyes que começou hesitante está recompor-se, Mangala muito nervoso, Ricardo revela falta de experiência mas está na luta e Fabiano já salvou a equipa várias vezes.
    A segunda parte foi diferente a equipa portista recompôs-se, começou a trocar a bola com mais calma e a estratégia de Luís Castro fez o resto, com as substituições muito bem vistas e a demonstrar que tinha na manga o plano "B" para o que desse e viesse ...!

    Resultado final Nápoles 2 FC Porto 2 - Com este empate a equipa portista deixa o Nápoles pelo caminho, uma equipa muito difícil de bater e classificada em terceiro lugar na série "A" italiana.

    Destaques: Ganhamos um Guarda-redes: grande Fabiano!
    Os laterais com altos e baixos acabaram por corresponder ao exigido.
    Mangala o mais experiente e possante revelou algum nervosismo mas não comprometeu.
    Reyes que começou o jogo algo hesitante, acabou por ganhar confiança e a partir de determinado momento já entregava bolas em profundidade com precisão. Muito bem Reyes!
    No meio campo: Fernando e Defour esforçaram-se por estancar a avalanche de futebol atacante do Nápoles e quase conseguiram, não fora os dois golos do Nápoles.
    No ataque está visto que Jackson precisa de apoio do tipo do Ghilas para render mais.
    Varela mostrou estar sem velocidade para defrontar futebolistas talentosos e rápidos como os do Nápoles.
    Josué entrou bem e provou ser capaz de neste tipo de jogos render mais do que Carlos Eduardo.

    Abraço

    ResponderEliminar


  4. caríssimos,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!

    @ Loureiro
    as melhoras. e certamente que sim: melhores dias virão, mesmo nas questões extra-futebol. apesar de este mundo ser virtual, no que te puder ser útil, dispõe.
    (só não tenho guito :D )

    @ sr. Armando Monteiro
    há que ter calma com as análises individuais. é o meu entendimento: este plantel não é assim tão fraco; o problema esteve no antes Luís Castro e no que não se conseguiu potenciar.
    acredito que ainda teremos alegrias, esta época (que ainda não acabou). e é como escrevi no post: estes minutos, na Liga Europa, mormente nesta eliminatória (com cariz de 'Champions'), para os "putos" em causa foram mais preciosos do que muitos jogos na nossa Liga Portuguesa...


    (já) somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os dois» :D
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar


  5. É pena que a nossa "pré-época" esteja a coincidir com o final de temporada. Tivéssemos um treinador no banco depois do jogo frente à Briosa, e provavelmente estaríamos a evidenciar "o dedo" que o Tim adoraria ter mostrado ao jorge "jejum"...

    Abr@ço
    «E quem não salta é lampião»

    ResponderEliminar
  6. Miguel :


    ..."«Pela primeira vez, esta época, saltei do sofá por duas vezes a gritar "guuooloo!" do FC Porto!».
    mas com aquele sentimento de "guuuoloo!, car@...ças", estão a ver? vindo de cá de dentro! sentido, mesmo!"...

    Está tudo dito ... e bem dito !

    Abraço

    ResponderEliminar


  7. caríssimos "Azul Dragão" e "glorigozo",

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas gentis palavras!

    no fundamental:
    penso que ganhámos todos com a exibição da passada Quinta-feira. venha o próximo desafio...

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os dois» :D
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar

vocifera | comenta | sugere
(sendo que, num blogue de 'um portista indefectível', obviamente que esta caixa é destinada preferencialmente a 'portistas dos quatro costados'. e até é certo que o "lápis", quando existe, é azul.)

Show Emoticons