quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

dessa falta justificada ao serviço

caríssima(o), por motivos diversos e, para mim e para os que me são muito queridos, totalmente inadiáveis, este espaço de discussão pública estará temporariamente desligado - tal e qual como a zona de entrevistas rápidas, ontem, em Borisov. se não for antes, prevejo estar de regresso ao teu salutar convívio já a partir da próxima semana. faço votos sinceros de ser merecedor da tua compreensão e, desde já, te peço desculpa por quaisquer transtornos causados. até já! Miguel | Tomo II

segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

dragão de ouro: Jorge Vassalo



© Google


caríssima(o),

e, de repente, sem qualquer pré-aviso, nesse "maravilhoso mundo que é a bluegosfera"®, eis que surge um indivíduo que, para lá de se apresentar pelo nome próprio (ousadia!) ainda tinha o desplante de tecer comentários pertinentes (blasfémia!).

face ao volume dos seus considerandos e à frequência com que os tecia, daí a criar o seu próprio espaço de reflexão, foi um pulinho - tão ou mais curtinho do que uma 'revienga' do Brahimi numa cabine telefónica.

«


Meus caros amigos:

este blogue chama-se "Porto Universal" por isso mesmo: porque, para mim, «Ser Porto» não é restringido à Geografia ou à Nacionalidade. Porque «Ser Porto» é sentir a chama Azul-e-Branca no sangue; é pulsar o Fogo da Determinação e da Garra nas veias; é fazer do Impossível possível; é ganhar e crescer, independentemente de quem está "do contra", do outro lado, a congeminar "na sombra"
«Ser Porto» não é dependente de se ser português, argentino, colombiano, brasileiro, russo, argelino, camaronês; «Ser Porto» é estar lá e deixar tudo no campo!

»


eis a forma  como se apresentou no seu blogue.
deixa "água na boca" (que não nesse sentido), certo?

assim sendo e sem mais delongas, na rubrica "binte perguntas a..." - os "dragões de ouro" deste espaço de discussão pública - o ilustre convidado deste mês é o caríssimo Jorge Vassalo, de seu nome de baptismo, feliz administrador do extremamente portista "FC Porto universal", e de quem tenho a grata honra de o conhecer para lá deste mundo virtual.
 
faço votos sinceros para que também desfrutes desta minha alegria em poder partilhar contigo alguns dos seus pensamentos sobre o quotidiano azul-e-branco e que, como eu, te deixes surpreender com alguns dos factos contidos na entrevista que se segue.
é logo a seguir ao «gosto» do "faceboKas"®, e«'no pare, sigue, sigue'» ;)


somos Porto!, car@go! 
«este é o nosso destino»:  


beijinhos e abraços sempre! muito portistas!
Muito Obrigado! pela tua visita :)


sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

para já, é só... [actualizado e com 'brasão abençoado' incluído]


© pasquim editado pelo sr. serpa
(clicar na imagem para ampliar)



post scriptum pertinente [às 12h56m]:


» no meu entendimento, o teor desta notícia (aqui) talvez fosse uma boa ideia a importar para o nosso Futebol e tendo em linha de conta os motivos nela invocados: a «sustentabilidade económica» e o «'investimento' em jogadores dos escalões de formação».

» de acordo com o teor desta notícia (aqui), onde uns vêem  um «milagre» eu só consigo vislumbrar a "salvação" do futebol luso. e a todos os níveis.




quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

dessas trivialidades que persistem enquanto não chega Terça-feira...



© abola | Ricardo Galvão
(clicar na imagem para ampliar)


caríssima(o),

a)

Julen Lopetegui concedeu uma entrevista à revista oficial da prova-rainha da UEFA, a 'Champions Matchday' (aqui).
não deixa de ser bastante curiosa a forma como dois dos três pasquins desportivos lusos deram primazia às respectivas manchetes sobre a dita cuja.
para quem tiver interesse, basta ler como o pasquim do 'Quim Oliveirinha deu conta da notícia (aqui) em contraponto com o que foi escrito no pasquim da Travessa da Queimada (aqui).

b)

o nosso FC Porto venceu o actual segundo classificado, em casa emprestada deste, para a fase regular do campeonato nacional de andebol.
porque (julgo) a partida em apreço não teve honras de transmissão televisiva apesar da sua importância (pelo menos nos canais dedicados ao Desporto não teve, sequer no dos clubes em confronto), soube do resultado final por intermédio do que veio publicado na Imprensa.
do que pude ler, ressalta a azia dos que contavam que a primeira perda de pontos pudesse acontecer em Almada; com tal não se verificou, aquela é mais do que muita, sobretudo pela vitória nos ter sorrido nos últimos segundos.
se dúvidas houver do que atrás escrevi, mais uma vez convido a quem tiver interesse, para comparar a azia no pasquim do 'Quim Oliveirinha (aqui) com a que se (res)sente no pasquim da Travessa da Queimada (aqui).

c)

O leonor pinhão, no seu último (e «glorioso») vómito, dejecta que «está-se a acabar o chocolate [sic]» (aqui).
alguém, de boa vontade, lhe forneça o contacto de outro alguém, que é amigo de outro amigo, que conhece um vizinho que, por "feliz coincidência", é primo (em terceiro grau) de outro alguém que vende, ou "da branca", ou "da castanha", ou daquilo que faz rir (muito).

d)

"presidente" do spórtém (não são esses! é o do "Comunicados de Portugal") foi, mais uma vez, «dar uma g'anda volta. desta feita, foi até Nyon (Suiça), à sede da UEFA.
por lá, (também) teve um encontro com «as cúpulas do futebol europeu», mormente com o Secretário-geral da UEFA (aqui) e em virtude de Michel Platini não querer perder o seu precioso tempo com um burro do Carvalho - apesar de alguns órgãos de Comunicação Social referirem que teve um «problema familiar de última hora» (aqui)...
estou em crer que nós (portistas) sabemos bem (d)o destino que será concedido ao que foi formalmente apresentado. eu até estou convicto que o será ao mais alto níBel e em grande estilo, como a imagem abaixo o sugere:


© google


"disse!"



quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

«só os mais fortes sobrevivem!» [actualizado]




força, caríssimo Lima!

que corra tudo pelo melhor e que possa estar junto de nós (e dos seus, claro!) na maior brevidade possível!

abr@ço forte!



post scriptum pertinente [às 12h29m]:


deixo-lhe algum material de leitura para o fazer sorrir nestas horas tão tristes:

1)

um excerto do último artigo de opinião do Pipa (aqui), que revela muita da "água choca" que vai correndo pelos 'mentideros' do jornalixo tuga - ie, que o que o nosso FC Porto tornou "fácil" na presente edição da Champions, no fundo foram "favas contadas"...
tudo serve para encobrir o fracasso das agremiações da Segunda Circular, na prova em apreço, em grupo tão acessíveis como o nosso... enfim...

2)

o último artigo de opinião de eduardo 'cutty sark' bOrroso, sob esse auspicioso título "muito preocupado" (aqui), cuja primeira parte é (literalmente) "de ir às lágrimas", tantas são as cenas estúpidas que o sr. em causa escreve.
provavelmente redigiu-as a seguir ao almoço e/ou ao jantar...



terça-feira, 18 de Novembro de 2014

de uma 'posta' nada de especial... [com 'nortada' incluída]


© google


caríssima(o),

no dia em que a FPF vai encaixar 1,2M€ por participar numa partida que está previsto poder vir a ser considerada «um fiasco», tudo corre lentamente, devagar e à espera de que o que realmente interessa venha rápido - ie., que a nossa equipa do coração entre em campo.

enquanto tal não acontece, dou-te conta de que:

i)

no passado Domingo, o "jornalista" paulo alves (não é esse!) publicou um... chamemos-lhe "artigo jornalístico", cujo teor é total e integralmente para (só)rir. podes conferir aqui. acredita que vale bem a pena;

ii)

na edição impressa desta Terça-feira, do pasquim da Travessa da Queimada, o caríssimo António Simões disserta sobre o "nosso" CRtriste®, em "CRtriste: o fim do 'mas'..." (aqui). eu até poderia concordar com ele, não se fosse dar o caso de que sou um dos que afirma que Leo Messi é o melhor jogador da actualidade. e mesmo com a baixa de rendimento desportivo do último ano;

iii)

a última NORTADA, do "nosso" enfant terrible Miguel Sousa Tavares, sob o título "nada a registar" (aqui), está tão insossa como o estado do tempo;

iv)

ontem, foi o Quintero na Juve; hoje, é o Reyes que «tem que rodar» e que a SAD está no mercado por um central (!!!); Amanhã, só o "belenense" do sr. serpa o saberá;

v)

a propósito de um artigo sobre "um 'derby' especial que incendeia toda a alma", mormente o Clássico do Minho (e a contar para a Taça de Portugal, no próximo final-de-se-mana), o "jornalista" pedro lobão (apelido curioso...) conscientemente optou pela imagem que se segue para o "embelezar" (e com uma legenda sui generis):

© pasquim da Travessa da Queimada
(clicar na imagem para ampliar)



"disse!"



segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

Yacine Brahimi | ياسين إبراهيمي



[sem comentários]


post scriptum:


o original também pode ser visto aqui.

(até ao momento em que o censurem «e que assim»...)

domingo, 16 de Novembro de 2014

dessas «arbitragens de nível agradável»...


© google | Tomo II


caríssima(o),

nesta pausa para compromissos da Selecção, o verniz estalou na arbitragem tuga.
tudo começou com essa (sobretudo «estratégica», de acordo com jorge coroado) entrevista que o benfiquista Pedro Proença concedeu ao lixo tóxico do grupo cofina, na qual, entre outras, afirmou que «está instalado o caos» na arbitragem...

com o estrondo causado por aquelas declarações, o (actual) Presidente da Comissão de Arbitragem da FPF, viu-se na necessidade de comparecer a terreiro, num local que já deixa poucas dúvidas à saciedade sobre as suas intenções: o canal (cada vez mais muito pouco) público de televisão.
fê-lo na passada Quinta-feira, sendo que, da sua entrevista, destaco a seguinte passagem:

© ojogo
(clicar na imagem para ampliar)


é perfeitamente "natural" que o sr. pereira não se recorde de um dos jogos mais polémicos do actual campeonato.
é perfeitamente "natural" que o sr. pereira não queira comentar a avaliação de «2.0» atribuída ao árbitro daquele encontro - um juiz internacional, diga-se de passagem...
é perfeitamente "natural" que o sr. pereira (ainda) não sinta necessidade de «fazer balanços» tal e qual como no primeiro terço da época de 2010/2011 - precedente que abriu e não mais repetiu desde então, curiosamente após uma polémica arbitragem em Guimarães, que envolveu (também) a agremiação de Carnide...

e é perfeitamente "natural" que o sr. pereira não pretenda nada disso na exacta proporção que medeia a nossa distância para o primeiro classificado, na actual classificação do campeonato.
agora, o que o sr. pereira não pode é tomar-nos por tolos: a mim e a todos os portistas. é que, sem pretender ser novamente exaustivo, como o fui aqui, eu recordo-me muito bem de (pelo menos) três partidas em que a nossa equipa do coração se viu envolvida e em que as arbitragens foram, de facto, «de nível agradável», mormente para quem (ainda) lidera o campeonato e como a imagem que se segue o comprova:

© google | Tomo II
(clicar na imagem para ampliar)


portanto, só posso concordar com Jorge Maia, em OJOGO deste Sábado, quando afirma que «é inevitável pensar que talvez Pedro Proença tenha alguma razão».


para finalizar, não fui indiferente à partida desta Sexta-feira, no 'allgrave'®, em que esteve envolvida a "equipa (que decididamente não é) de todos nós"®.
no meu entendimento, o jornalista espanhol do 'as' sintetizou o que aconteceu naqueles noventa minutos de bloqueio e que, na redacção do pasquim da Travessa da Queimada, só a muito custo e com extrema dificuldade conseguiram transpor para uma chamada digna na capa deste Sábado e conforme se perpetua nas imagens abaixo:

© ojogo
(clicar na imagem para ampliar)


© pasquim da Travessa da Queimada
(clicar na imagem para ampliar)


de facto, nos dois últimos jogos da Selecção, não fosse o 'mustang', e «o gajo do costume» teria ficado a zeros...


"disse!"



sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

do "eu 'show' o burro do Carvalho"...* [actualizado e com 'brasão abençoado' incluído]


© abola | ricardo galvão
(clicar na imagem para ampliar)


«

Eu vi o que o spórtén fez ao FC Porto [jogo da Taça de Portugal]: dizimámos. 
Eu vi o que spórtén fez ao Schalke: vencemos. 
Naquele jogo [Guimarães] não fomos dignos. Depois de Guimarães não deixamos de ser uma grande equipa.

»



caríssima(o),

ainda não parei de rir, desde ontem à noite, quando um de vós (gentilmente) me enviou um singelo sms «apenas e só» com a citação em destaque, ali em cima.
a mesma faz parte de uma entrevista (aqui) que o próprio concedeu no seu espaço televisivo, num qualquer «canal de marquise» (alô, shôr "Antas"! tudo bem?), ao bom estilo de um qualquer diletante ditador da América do Sul...

sem pretender ser exaustivo, apenas refiro o óbvio: a melhor equipa do spórtém, frente a uma segunda equipa do FC Porto, teve uma enorme felicidade em marcar três golos; ganhou bem, de uma forma que considero justa e porque foi mais eficaz na altura de rematar à baliza adversária; beneficiou de dois desacertos defensivos nossos e de uma tarde menos (digamos assim) "feliz" de jorge sousa (mas não foi pela arbitragem que fomos eliminados da Taça de Portugal pelo spórtém, antes pela nossa incúria e incompetência); e é só!
daí a afirmar-se que «o spórtém dizimou» vai uma grande distância - tão grande como (actualmente) de um terceiro para um oitavo lugar, com cinco pontos a separá-los. mas eu compreendo o actual líder ex-juBe leo: há que fazer de tudo para se vender a ilusão de que é tudo um mar-de-rosas nesse "reino muito distante dos viscondes falidos de Alvaláxia"® (já para não referir o objectivo primordial de qualquer época desportiva: impedir o FC Porto de triunfar e que é algo substancialmente diferente, para pior!, de querer vencer...).

e, nunca pensei afirmá-lo, mas razão tem o huguinho vasconcelos no artigo de opinião "digno de nota..." (aqui), publicado na edição impressa desta Quinta-feira, do pasquim da Travessa da Queimada, quando afirma que o burro do Carvalho, enquanto líder, tem que fazer escolhas e por mais difíceis que aquelas sejam. é isso que esperam os milhares de milhões de calimeros deste País... e, pelos vistos, nem sequer adianta pedir ajuda ao seu progenitor...


© abola | ricardo galvão
(clicar na imagem para ampliar)


noutro diapasão, abordarei (sinteticamente) duas singelas questões e a partir de alguns escritos que entretanto foram sendo publicados no pasquim da Travessa da Queimada:

1)

principio pelo escrito do 'sinhôre' pipa, sob o título "Futebol Clube do Porto: Lisboa atrapalha" (aqui).
nele, o "pipa (da água choca)" aborda o provável «regresso» a um estigma e/ou antigo "complexo", já abordado aqui, neste espaço de discussão pública, em Abril do corrente ano: o de já não se vencer uma partida no distrito de Lisboa vai para «onze jogos consecutivos»... daqui extrapola para a já celebérrima questão da «hegemonia portista»...
é deixá-los voar!, é deixá-los voar! quanto mais alto o voo, maior será a queda...

2)

obviamente que a "questão Tozé" não deixaria de ser escamoteada pela parte de quem não passa de gentalha e gentinha inve(r)te(b)rada no jornalixo tuga.

ontem, Quarta-feira, foram três os escritos sobre o jogador portista (aqui) e a saber: "golos traiçoeiros(aqui), da autoria de bagão 'papa hóstias' félix; "e o culpado de tudo é só o Tozé?(aqui), de josé manuel freitas; "a nossa Liga dava um 'sketch'" (aqui), de nuno perestrelo, inspirado neste imemorial diálogo dos Monty Python.
hoje, o leonor pinhão também a ele se referiu, em "Tozé será o campeonato do túnel" (aqui).

a todos eles, recordo dois singelos episódios, ocorridos já em pleno séc. XXI:

i)

corria o ano da graça de 2007. estávamos em vésperas do início do mês de Novembro, pré período dos fiéis defuntos. o local foi o antro "esvoaçante" da zona de Carnide.
a 28 de Outubro desse ano, houve uma partida do futebol tuga, que opôs o 5lb ao (entretanto) «clube do guardanapo».
para quem já não se lembra das incidências da partida, o marít'mo beneficiou de uma grande penalidade, ao minuto 31', estava o marcador empatado a 1 golo. um certo e determinado Makukula, contra a vontade do treinador da equipa insular, chamou a si a responsabilidade de marcar a grande penalidade. a forma como o jogador em causa a executou (aqui) foi, no mínimo, displicente...
graças a esse préstimo, em Janeiro de 2008, assinou um «glorioso» contrato de quatro temporadas e meia com a "sua" agremiação de Carnide, pelos préstimos com que esta dele beneficiou...


ii)

corria o ano da graça de 2008. estávamos no início do mês de Abril, pós período pascal. o local foi o Estádio do Bessa XXI, na zona da Boavista.
a 06 de Abril desse ano, houve um clássico do futebol tuga. para quem já não se lembra das incidências da partida, o Boavista beneficiou de uma grande penalidade, ao minuto 24', estava o marcador empatado a 0. um certo e determinado Jorge Ribeirolampião ferrenho, chamou a si a responsabilidade de marcar a grande penalidade. a forma como o jogador em causa a executou (aqui) foi, no mínimo, displicente...
graças a esse préstimo, no final daquela época, assinou um «glorioso» contrato de quatro temporadas com a "sua" agremiação de Carnidepelos préstimos com que esta dele beneficiou...


para finalizar, um pouco de humor:

© google | poBo do Norte
(clicar na imagem para ampliar)



* título da "posta" inspirado num programa de humor tuga, de finais dos anos '80, sob o título "eu 'show' Nico", da autoria de Nicolau Breyner.


post scriptum pertinente, às 10h38m de Sexta-feira, 14 de Novembro:


eis o mais recente artigo de opinião de Pedro Marques Lopes, incluso na sua coluna habitual das Sextas-feiras, no pasquim da Travessa da Queimada, BRASÃO ABENÇOADO, sob o título "nunca mais, 'míster'!" (aqui) - o qual traz incluso o mais recente vómito sobre a celebérrima "questão Tozé", por parte dos «gloriosos» "pimpims" (não sejas maldoso!  ) desta Vida...


"disse!"



quarta-feira, 12 de Novembro de 2014

de 'o andor' no seu «glorioso» esplendor (e quase com 1/3 do campeonato cumprido)...


© Tomo II

«



FC Porto:



jornada 04 - visita a Guimarães: 

golo mal anulado a Brahimi aos 83'. tratou-se de um fora-de-jogo "no limite"; mas o árbitro assistente, em caso de dúvida, marcou fora-de-jogo...

[vide mais aqui e aqui]


jornada 05 - recepção ao Boavista:

entrada dura de Maicon, na lateral do meio-campo. cartão vermelho directo (ver critério mais à frente)

[vide mais aqui e aqui]


jornada 06 - visita à agremiação do Lumiar:

agressão de Slimani a Martins Indi, logo no início do jogo. 'penalty' por assinalar, por ostensiva e evidente mão na bola do Maurício.

[vide mais aqui e aqui e aqui]


jornada 7 - recepção ao SC Braga:

um 'penalty' não assinalado para cada lado. o que não foi assinalado em favor do FC Porto "ainda deu" cartão amarelo ao Alex...

[vide mais aqui e aqui]


jornada 08 - visita a Arouca:

dois penaltis por assinalar a favor do FC Porto; uma expulsão perdoada a um jogador do Arouca, por entrada dura sobre o Brahimi (critério diferente do aplicado ao Maicon).

[vide mais aqui aqui e aqui]


jornada 10 - visita ao Estoril:

acabar a primeira parte com 20 jogadores na área do Estoril, com o Quaresma a armar o cruzamento. Permitir anti-jogo e perda de tempo em excesso. Não marcar 'penalty' no lance do 2-2 (ainda bem que entrou, mas aquela mão foi demasiado escandalosa e ele preparava-se para não assinalar)
já agora, deixem-me dar-vos uma visão do campo: depois do Óliver marcar, o Soares Dias demorou vários segundos a apontar para meio campo. Vários segundos em que ele olhou para o auxiliar, para os jogadores do Estoril, e procurou algum sinal... Não sei se há imagens de TV, mas se houver reparem nisso!

[vide mais aqui e aqui]



agremiação de Carnide:



jornada 02 - visita à Boavista:

golo mal invalidado aos boavisteiros já no final da partida. acabaram a jogar contra 10.

[vide mais aqui]


jornada 04 - visita a Setúbal:

com o resultado em 0-1, anulam lance ao Setúbal por fora-de-jogo inexistente. o árbitro assistente, em caso de dúvida, marcou fora-de-jogo...

[vide mais aqui]

jornada 05 - recepção ao Moreirense:

aos 20 minutos, com o resultado em 0-1, Enzo entra, de sola, no peito (!!!) de um jogador do Moreirense. cartão vermelho directo que foi transformado em nada; nem falta foi assinalada. acabaram a jogar contra 10.

[vide mais aqui aqui e aqui]

jornada 06 - visita ao Estoril:

para além dos três golos inacreditavelmente facilitados, segundo amarelo perdoado ao Enzo. mais tarde, o mesmo Enzo simula falta, arrastando a perna e sacando o segundo amarelo ao adversário, quando o jogo estava 2-2... acabaram a jogar contra 10.

[vide mais aqui e aqui]

jornada 07 - recepção ao Arouca:

minuto 73, resultado 0-0, canto a favor do 5lb transforma-se em contra-ataque perigoso do Arouca. Samaris tem uma entrada violentíssima às pernas do adversário. resultado: cartão amarelo (e critério bem diferente do aplicado ao Maicon). repito: o resultado estava em 0-0.

[vide mais aqui e aqui]

jornada 08 - visita a Braga:

sem consequências de maior, mas Eliseu comete dois penaltis sobre Pardo (um em cada parte). ganhou o direito a ver um amarelo... Enzo provoca e empurra Danilo perto do fim, mas ambos levam amarelo e o Danilo acaba expulso (viu segundo amarelo)acabaram a jogar contra 10.

[vide mais aqui e aqui]

jornada 09 - recepção ao Rio Ave:

ao minuto 67, o Rio Ave empata. o golo foi anulado porque o jogador tem um joelho (!!!) à frente da linha da bola... o árbitro assistente, em caso de dúvida, marcou fora-de-jogo... e a dois metros atrás do lance... e só marcou depois da bola entrar na baliza...

[vide mais aqui e aqui]

jornada 10 - ida à Madeira, para defrontar o Nacional:

"festival" de cartões para o Nacional e de forma despropositada. golo do 5lb em posição duvidosa. mais uma vez, o árbitro assistente, em caso de dúvida, não marcou fora-de-jogo... o mesmo árbitro assistente, na segunda parte, com um jogador do Nacional um metro em jogo, em caso de dúvida (mas qual dúvida?!) marcou fora-de-jogo...

[vide mais aqui e aqui]


agremiação do Lumiar:



jornada 04 - recepção ao Belenenses:

canto nos minutos finais a favor do Belenenses, 'penalty' grosseiro por assinalar.

[vide mais aqui]


jornada 08 - recepção ao Marítimo:

com o resultado em 1-0 e na primeira parte, fora-de-jogo mal tirado a Mazoo, que seguia completamente isolado em direcção à baliza e em posição frontal.

[vide mais aqui]


jornada 10 - recepção ao Paços de Ferreira:

fora-de-jogo bem assinalado a Slimani, que anula golo a Montero (Slimani está deslocado, faz-se à bola, interfere no lance, e está sempre no enfiamento do passe).
Marco Silva não gostou e reclamou, ele que «não comenta arbitragens»...

[vide mais aqui e aqui]


denominadores comuns:


» em caso de dúvidas, a decisão foi sempre desfavorável ao FC Porto. e nunca com o mesmo critério.
» em caso de dúvidas, a decisão foi sempre favorável ao 5lb. e nunca com o mesmo critério.
» os que mais "gritam" na praça pública (spórtém) são os que menos razões têm.
» relativamente ao 5lb, os casos sucedem-se desde a jornada 04. e sem interrupções.
» relativamente ao spórtém, os casos ocorreram sempre no "reino muito distante dos viscondes falidos de Alvaláxia"®.


quero acreditar em duas coisas: (1) na boa fé das pessoas e de que (2) no fim, "isto" equilibra tudo. mas, com dez jornadas "assim", para equilibrar vai ser preciso mudar muitas coisas... já só peço que seja equilibrado daqui para a frente, sem compensações a favor!! senão, já sabemos: a choradeira final é a que vale mais!

tenham a bondade de acrescentar outros casos.

»


caríssima(o),

este pertinente comentário, do "magro vai ao ataque"(indecentemente sacado) no "dragão até à morte", ao qual tomei a liberdade de acrescentar (também) as decisões do painel de árbitros do pasquim do 'Quim Oliveirinha e para todos os jogos em causa, vem no seguimento de "denúncias" várias que entretanto surgiram nesse "maravilhoso mundo que é a bluegosfera"®. como aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e aqui. e para lá das «coisas inúteis» que se vão publicando na bluegosfera...

para finalizar, sobre toda esta roubalheira e/ou colinho e/ou andor, e para lá das imagens que se podem visualizar nas hiperligações acima (onde se refere "aqui"), ele há um vídeo bastante "engraçado" a propósito da temática em apreço.


"disse!"


terça-feira, 11 de Novembro de 2014

por mim, estás perdoado! ['nortada' incluída]


© google


... aliás, Tozé, eu não julguei o teu profissionalismo na Amoreira.

sequer te conden(ar)ei (inclusive na praça pública) pelo enorme jogão que fizeste contra o nosso Amor comum. 
de facto, encheste o campo com o "per7ume" do teu futebol, o qual espero, em (muito) breve trecho, vir a (re)vê-lo em pleno palco mágico, para nós, portistas de alma e coração: o relvado do nosso teatro de sonhos azuis-e-brancos.

agora, para equilibrares os pratos desta "balança", desejo (muito! muito!) que retribuas a minha compreensão quando defrontares os nossos rivais e que, no mínimo, lhes faças "gato-sapato" como conseguiste fazer ao Indi. e ao Danilo. e ao Casemiro. e ao Alex Sandro. e ao Fabiano. e ao Maicon. e ao Herrera.


post scriptum pertinente:


» pelos vistos, Tozé, a tua 'monstra' exibição à SAD portista não mereceu qualquer referência na última NORTADA do "nosso" enfant terrible, Miguel Sousa Tavares, sob o título "coisas que não entendo" (aqui). nem uma palavrinha, nem uma frase, nem uma 'linha' (esta palavra, nos próximos tempos, é maldita...), nada!
de facto, é algo que eu (também) não entendo e depois do que o próprio afirmou sobre a formação do FC Porto. e, claro está!, sobre o Candeias...

» pelos vistos, na redacção do pasquim da Travessa da Queimada, há uma «gloriosa» e premente (por que perene) necessidade de se (in)tentar comparar o que é incomparável - nomeadamente o de um Passado recente com a Actualidade...
hoje, a "fava" coube ao pé-de-microfone nuno vieira [em "Lopetegui: dois pontos abaixo de Paulo Fonseca" (aqui)]...

» o último escrito de António Simões ["mentir (ou não)" (aqui)] é, no mínimo (e no bom sentido do termo), assombroso.


"disse!"