segunda-feira, 24 de novembro de 2014

dragão de ouro: Jorge Vassalo



© Google


caríssima(o),

e, de repente, sem qualquer pré-aviso, nesse "maravilhoso mundo que é a bluegosfera"®, eis que surge um indivíduo que, para lá de se apresentar pelo nome próprio (ousadia!) ainda tinha o desplante de tecer comentários pertinentes (blasfémia!).

face ao volume dos seus considerandos e à frequência com que os tecia, daí a criar o seu próprio espaço de reflexão, foi um pulinho - tão ou mais curtinho do que uma 'revienga' do Brahimi numa cabine telefónica.

«


Meus caros amigos:

este blogue chama-se "Porto Universal" por isso mesmo: porque, para mim, «Ser Porto» não é restringido à Geografia ou à Nacionalidade. Porque «Ser Porto» é sentir a chama Azul-e-Branca no sangue; é pulsar o Fogo da Determinação e da Garra nas veias; é fazer do Impossível possível; é ganhar e crescer, independentemente de quem está "do contra", do outro lado, a congeminar "na sombra"
«Ser Porto» não é dependente de se ser português, argentino, colombiano, brasileiro, russo, argelino, camaronês; «Ser Porto» é estar lá e deixar tudo no campo!

»


eis a forma  como se apresentou no seu blogue.
deixa "água na boca" (que não nesse sentido), certo?

assim sendo e sem mais delongas, na rubrica "binte perguntas a..." - os "dragões de ouro" deste espaço de discussão pública - o ilustre convidado deste mês é o caríssimo Jorge Vassalo, de seu nome de baptismo, feliz administrador do extremamente portista "FC Porto universal", e de quem tenho a grata honra de o conhecer para lá deste mundo virtual.
 
faço votos sinceros para que também desfrutes desta minha alegria em poder partilhar contigo alguns dos seus pensamentos sobre o quotidiano azul-e-branco e que, como eu, te deixes surpreender com alguns dos factos contidos na entrevista que se segue.
é logo a seguir ao «gosto» do "faceboKas"®, e«'no pare, sigue, sigue'» ;)


somos Porto!, car@go! 
«este é o nosso destino»:  


beijinhos e abraços sempre! muito portistas!
Muito Obrigado! pela tua visita :)




© google


binte perguntas a… Jorge Vassalo


I. dados biográficos (gerais)
nome: Jorge Vassalo
data de nascimento (mês, ano): Setembro de 1978

signo do Zoodíaco: virgem

naturalidade (Freguesia, Concelho, Distrito)
Ofir (freguesia de Fão), Esposende (Braga


residência (Concelho, Distrito):
Póvoa do Varzim (Porto)
área de actividade profissional:
Informática e Música
estado civil: casado
nr. de rebentos: dois 


II. entrevista

1. primeiro “grito” pretendido: como é que tiveste contacto com este “maravilhoso mundo que é a bluegosfera”®? que pesquisas fizeste? que fontes consultaste? e desde quando?
Terá sido no Lá Em Casa Mando Eu ou no Porta 19... E foi nalgum post partilhado no 'Facebook©', no início deste ano de 2014.

2. salvo melhor opinião, és o caso mais recente de um administrador, de um blogue afecto à cor azul-e-branca – o extremamente portista “FC Porto universal”. e és também um caso de sucesso, “medido” pelo ‘feedback’ de alguns comentários, nalgumas caixas da especialidade, nalguns locais de referência daquele mesmo “maravilhoso mundo que é a bluegosfera”®, o que se saúda.
graxa dada, o que te pergunto é: como é que resolveste enveredar pela vi(d)a de ‘blogger’? qual foi o ‘click’, qual foi “Aquele” primeiro impulso? e quando? o que te motivou?
e, já agora, qual o apoio que tens dos que te são mais queridos, para conseguires ser tão regular – quer na publicação (actualmente diária) dos teus gritos, quer na assiduidade das tuas visitas àqueles espaços de referência, quer na tenacidade que empregas nos teus comentários?
Essa do «apoio» é gira!
Tenho, em minha casa, a minha [filha] mais velha que quer saber tanto de futebol como eu de Numismática; depois, a minha pequenota, que gosta de ver os jogos comigo mas ainda tem 7 aninhos; e uma mulher que é tão 5lb, mas tão anti-Porto, que até dói!
Aliás, eu e ela estamos a chegar perigosamente ao ponto de fazer como a C. e o M. [no Lá Em Casa Mando Eu] e dizer que não podemos falar dos respectivos clubes dos contrários... Até já se discute muito a quantidade de vezes que vou à bola... :D

Decidi fazer um blogue por tua culpa e do sr. Vila Pouca!
Tanto comentário, tão extenso, que resolvi fazer um blogue meu. Está a dar os primeiros passos, mas só posso ficar espantado e grato pela aceitação e interesse que tem despertado! A sério que não esperava nada "disto", e estou profundamente agradecido a todos os que visitam e comentam no meu canto. Obrigado!

(A minha mais velha (re)leu esta resposta e protestou, a dizer que me incentiva a fazer o blogue. É verdade que ela me disse que gostava de saber que eu era normal nalguma coisa!)


3. decorrente das perguntas anteriores, concordas que a Direcção do clube deva (também) dar mais visibilidade a este “mundo” (nada) silencioso e/ou oculto e/ou menos visível e/ou pouco mediático, que é a “bluegosfera”? em que sentido(s)?
refere (um máximo de) três exemplos (práticos, exequíveis, exemplares), por favor.
Sinceramente não acho que a Estrutura deva ser governada de fora para dentro. Acho que há um zilião de coisas que desconheço sobre o dia-a-dia do Clube e seria perigoso que fosse tudo governado pela espuma dos dias. Mas, no entanto, creio que era interessante que o Clube levasse em consideração a opinião de 'bloggers' que tem um nome associado e se mexem para dar o seu contributo ao clube - como são o teu caso, o do sr. Vila Pouca ["dragão até à morte"], o do Jorge ["Porta 19"], o do sr. Augusto Baptista Ferreira ["portistas anónimos"], do sr. Remígio Costa["dragão, sempre!"], só para te dar alguns exemplos...

4. e concordas com a actual política de Comunicação do FC Porto (sobretudo para o “exterior”) – nomeadamente com a aquisição do “Porto Canal”? porquê? e o que mudarias (a haver mudanças, na tua opinião)?
4.1. e concordas com a actual política de Comunicação do FC Porto para com o associado e/ou comum adepto e/ou simpatizante?
Começando pelo fim.
Acho, muito honestamente, que não há o apoio que deveria haver, assim como não há a consideração por sócios mais antigos e/ou mais fieis, que abdicam de muita coisa para estar com o Clube, que gastam imenso dinheiro e Tempo para abnegadamente estar com o "seu" FC Porto.
Esses deveriam ser (re)compensados com descontos especiais, com prémios de permanência, com um certo reconhecimento pelo seu sacrifício. Não são eles, afinal, que fazem a verdadeira "Mística" do FC Porto?
Acho, também, que deveria ser tomada em consideração essa 'vox populi' que não é inconsequente, antes é madura, é fundamentada e, claro, nem sempre consensual. Mas sempre a pensar no superior interesse do Clube.

Quanto ao Porto Canal, concordo com a aquisição sim.
Acho urgente que se comece a fazer do Porto Canal um canal Portista a sério!
Está muito "sem sal" e muito isento! Porquê?!
Mas passa pela cabeça de alguém não associar o Porto Canal ao FC Porto?
Exige-se muito mais debate, não sempre com os mesmos embora queira dar aqui os parabéns ao sr. Bernardino Barros, que é um prazer ouvir e ver ; debates com portistas mais "especiais"; exige-se mais História do Clube, mais bastidores e mais entrevistas aos jogadores; exige-se mais profundidade; e, sim!, exige-se um programa com 'bloggers' "a sério como tu, o sr. Vila Pouca ["dragão até à morte"], o Jorge ["Porta 19"] ou a C. [Lá Em Casa Mando Eu], por exemplo , sem ser a "paineleice" que vemos, completamente parcial e doente, ou  seja, programas com comentadores isentos e imparciais. que comentassem e dessem voz ao nosso (des)contentamento e fizessem eco da verdadeira realidade.
No meu entendimento, falta coragem – que não ao sr. Bernardino Barros! – para dizer tudo, para não ser consensual...
E exige-se acompanhar, em directo, todos os jogos da equipa B, das modalidades (incluindo os do basquetebol) e por aí em diante... É ridículo um canal da cidade do Porto não dar cobertura televisiva e em condições, ao Clube mais representativo, não só da cidade, mas sobretudo da Região Norte.
O espaço sobre a região é importante, mas 90% do tempo é demais! Duas horas em vinte e quatro (!!) para o Clube é ridículo.

5. novo “grito” (muito) directo: qual a tua opinião sobre o novo sítio oficial do FC Porto (no geral)?
costumas consultá-lo com regularidade? e o que achas da fidedignidade/actualidade dos seus conteúdos? É mesmo novo ou é igual ao anterior, somente com uma nova “roupagem”/lifting/grafismo?
Limitadíssimo, confuso e nada intuitivo. Sugiro uma boa firma de design gráfico.
Já tive problemas graves por comprar bilhetes na 'FC Porto Store', com as filas trocadas e por aí fora. Exige-se muito mais, e não só no grafismo. No conteúdo também. Numa era de Informação ao minuto como esta, é um absurdo não ser mais profundo e completo.

6. ainda te lembras da primeira vez que entraste num estádio de futebol?
e já agora: qual foi o estádio, quando foi (basta o ano), que equipas jogaram e qual o resultado final?
Anos 80, estádio do SC Courense, Paredes de Coura. Teria por volta de 7, 8 anos.
Queria saber mais das chicletes, vendidas pela "Gorda" (era mesmo assim que chamavam à senhora!) do que do desafio.
Sim!, morei dez-anos-dez nessa mítica localidade. Sim!, fui ao primeiro "Festival de Paredes de Coura"Sim!, era de borla :D

7. qual a primeira recordação – a mais imediata – de “estar”, de “sentir o pulsar da turbe” no saudoso Estádio das Antas? justifica a resposta.
Não estive lá. Nunca fui. Tendo uma família do zbordem e do 5lb, nunca ninguém se dignou a levar-me lá...
Já só conheci o Estádio do Dragão, lamentavelmente. Mas estou a compensar o tempo perdido!

8. uma pergunta que se impõe (e que será quase recorrente nesta rubrica):
concordaste com a demolição do Estádio das Antas? porquê?
Apesar de ter doído, claro que sim. A modernização e a inovação faz parte da vida, mesmo muita da comodidade e dos benefícios não eram possíveis nas Antas.

9. à data [Novembro de 2014], qual foi o melhor desafio de futebol que assististe “ao vivo e a cores” e que nunca esquecerás? porquê?
[não contam para esta estatística as partidas televisionadas, ok?]
O primeiro foi o FC Porto vs. Beira Mar, em Abril de 2012, a contar para o Campeonato, e porque vi o meu grande herói  o Lucho Gonzáles , ao vivo e a cores. Fiquei com o "bichinho". Agora estou lá, sempre que posso.
Eu gosto sempre de olhar para o Todo. E, no Dragão, pode-se sempre ver aquilo que a câmara não foca. E o "silêncio ruidoso" é uma experiência transcendente...

10. também no decurso das perguntas anteriores e no seu entendimento, consideras que a «mística» do nosso clube do coração ainda existe ou, pelo contrário, está a ser substituída subtilmente pelas “pipocas e pelos adeptos do «FC Festas»? e o que é para ti «ser Porto»?
desenvolve a tua resposta, por favor. os “testamentos” são a imagem de marca deste espaço de discussão. :D
Existe, existe pois!
Sou uma pessoa habituada a dar tempo ao Tempo. Não se descobrem os Heróis, a Força e a Paixão na rotina do dia-a-dia... É sempre retrospectivamente.
Daqui a 20 anos, eu e tu e todos nós, portistas "com mais experiência", estaremos a falar do Lucho, do Jackson, ou do Danilo como grandes heróis. Podem não ser Portugueses, mas serão sempre Portistas.
Quanto aos adeptos, "massa assoBiativa" incluída, sabes perfeitamente que, no final, vão sempre estar felizes na vitória.
Os que são, para mim, verdadeiramente Portistas, estão e estarão Sempre, faça chuva ou faça sol, esteja neve e/ou frio, com o Clube. E aguentarão a raiva de um jogo mal conseguido com a Paixão das Conquistas. E lembrar-se-ão que estiveram sempre com Garra e com Força, a incentivar os jogadores, nas suas batalhas. Os jogos que se vão lembrar serão os de meia-casa, aqueles que eram inóspitos, mas onde estiveram Unidos.
Os verdadeiros Portistas estão unidos sempre em torno do seu Sangue Azul-e-Branco. Isso é que é o «Ser Porto».

11. se tivesses poder na estrutura do nosso clube do coração, o que farias para internacionalizar (ainda mais) a marca “Futebol Clube do Porto”?
refere (um máximo de) três exemplos (práticos, exequíveis, exemplares), e em que os três b’s se apliquem (bom, barato e bantajoso), por favor.
Promoção internacional, parcerias com empresas com exposição, não sei…
Management não é muito comigo... E tenho muito respeito pela "Estrutura".

12. esta pergunta também será recorrente nesta rubrica, pela sua pertinência:
tendo em consideração os climas eleitorais nos clubes (ditos) «grandes» lá para os lados da Segunda Circular, e tendo presente todas as “peripécias” em torno das últimas eleições presidenciais para o spórtém e para o 5lb, pergunto-te:
temes que o mesmo possa acontecer quando Pinto da Costa abdicar de concorrer à presidência do nosso clube? porquê? sustenta a tua resposta com três razões/factores principais.
Não, não temo nada. Acho que já estará tudo tratado para dar continuidade e potenciar o trabalho do Nosso Grande Presidente, pelo século XXI adentro e séculos vindouros.
E que deverá haver espaço para um debate plural; mas tenho a certeza que, no fundo, não se elegerá um(a) Presidente que não tenha um Coração Azul-e-Branco.

13. olhemos para o actual “estado de graça” e sobre o quotidiano do nosso clube do “coraçom”, e tendo presente as tuas expectativas para a presente época 2014/2015 (que são as de qualquer portista dos quatro costados que se preze):
como avalias a qualidade do nosso plantel principal de futebol? por exemplo, consideras que existem lacunas? quais são elas (a existir)? e quais são as suas principais virtudes? quem é a estrela mais cintilante?
justifica as tuas respostas.
Tem uma enorme Qualidade e Equilíbrio.
A única lacuna que eu encontro, não é bem uma lacuna: é antes uma questão de perceber se há, na equipa B, quem se possa ir buscar para o plantel principal, nomeadamente um Central Direito e um Lateral Direito alternativos.
José Angel e Marcano são muito bons, mas quero ver o Diego Reyes potenciado – e se não este, outro no lugar dele, e de uma vez por todas! E uma alternativa credível ao Danilo, para que este descanse. Que é feito do Victor Garcia?! E do Ricardo Pereira?! Não estaria este melhor a extremo? São questões a (re)ver.
Temos qualidade no meio campo e na frente de ataque, que chegue. E sim!, estou a incluir o Adrián Lopez nessa qualidade.

A estrela mais cintilante é felizmente a União do colectivo! E faz falta!
O que eu menos gostei, num Passador recente, foi daquelas alturas de bola pró Jardel e o Hulk resolve. O FC Porto ganha sempre mais quando quem se destaca é o próprio FC Porto, como um todo.

14. aprofundemos ainda mais a questão anterior e façamos um exercício “’tipo’: suponhamos que…”.
suponhamos que eras o treinador principal do clube (you wish! :D) e que a SAD te “impunha” um orçamento de 100M€ (cem milhões de euros) para o plantel, cuja base é o actual, à data desta entrevista [Novembro de 2014].
o exercício que te proponho é a tua reformulação do plantel e se considerares que tal é necessário.
deixo-te uma recomendação: que (i) não te esqueças das expectativas individuais dos jogadores e/ou dos seus empresários, (ii) dos jogadores do clube sob empréstimo e (iii) da existência da equipa B.
desenvolve a tua resposta, por favor. os “testamentos” são a imagem de marca deste espaço de discussão.
Ui, ui! Já não jogo jogos há mais de dez anos e o 'Football Manager' nunca foi um deles!
Tenho o maior respeito e consideração por quem trata disso e, se sou um fraco treinador de bancada, manager de bancada é que não sou mesmo! 'Yaikes'!

15. decorrente da pergunta anterior, o projecto da nossa equipa B tem pernas para andar ou será um “flop”? qual o teu prognóstico? justifica a tua resposta.
Tem potencial sim!
Acho que tem crescido bastante, acho que passa por aí o futuro do Clube numa altura de contenção financeira. Por isso, relembro, é que se foi contratar Julen Lopetegui.
Estou convencido que Julen Lopetegui ficará cá os 3+2 anos que estão estipulados no contrato, e que vai conseguir passar uma ligação da equipa A para a B muito positiva. E que isso trará, também, o que pedem muitos adeptos: um FC Porto mais Português, com Identidade e Força, e desde pequeninos.

16. face aos acontecimentos mais recentes – vide a rubrica “lampionagens” e “calimerolândia” -, achas que é uma “teoria da constipação”® ou os clubes da Segunda Circular têm mesmo uma política de justiça e de (im)parcialidade diferente dos demais adversários na Liga? ou somos nós que conseguimos melhor “fruta” e mais “quinhentinhos” do que os outros, os ditos «impolutos»? no teu entendimento, qual(ais) a(s) razão(ões) para que tal esteja a acontecer (se é que está…)?
Qual teoria da conspiração?! A Ciência aceita a prova da experiência comprovada! Não se vê o "colinho dos benfas", beneficiados claramente em todos os jogos?! O "nomeações" funciona muito bem! Só não percebo o silêncio da nossa Estrutura...

17. qual a tua opinião sobre o actual estado de alma do nosso clube em relação às modalidades (ditas) “amadoras” e em que está envolvido?
em concreto, o que te pergunto é se o trabalho desenvolvido terá Futuro, se está no bom caminho, se dará frutos, se os projectos têm solidez (a todos os níveis), ou se poderá haver outros exemplos com o que aconteceu à suspensão» do basquetebol sénior?
Já sabes que estás à vontade :D
Eu acho muito valioso o esforço de quem pratica as modalidades menos incentivadas. Acho vergonhosa a diferença de apoio entre o Futebol e as modalidades. Quem se dedica a treinos diários e a superar-se naquilo que o apaixona, merece ser remunerado por isso e ver a sua dedicação compensada pelo público. Merece poder dedicar a sua vida a isso.
Eu sei que as receitas do Futebol permitem outras ordens de salários e de projecção; mas atletas valiosos há em todas as modalidades. E merecem viver disso, pois são profissionais.

18. esta pergunta (também) é recorrente neste tipo de entrevistas.
das seguintes opções, descreva o seu sentimento mais profundo (se possível) após uma derrota do seu clube do coração:
[só pode ser uma opção. seleccione-a a negrito, por favor]
a. – não durmo direito nessa noite
b. – que ninguém me fale durante as próximas vinte e quatro horas, pelo menos – esposa incluída
c. – apetece-me mandar tudo para um sítio (ou dois) que eu cá sei
d. – extravaso o meu sentimento na Redacção, enviando e-mails aos colegas de profissão mas adeptos de outros clubes rivais, com umas quantas “verdades”
e. – para lá de mandar tudo para mais dois ou três sítios que eu cá sei e de que me lembrei agora, vou (literalmente) queimar calorias para a marginal da Póvoa, invectivando tudo e todos que me aparecem pela frente (sobretudo de vermelho e/ou verde vestidos)

19. à data [Novembro de 2014], qual o melhor onze de jogadores que envergaram a camisola do FC Porto, qual o melhor banco (22 jogadores no total, portanto) que já viu jogar, «ao vivo e a cores» com o nosso manto sagrado, e qual o melhor treinador que já passou pelo clube?
[
podes seleccionar jogadores nacionais e/ou internacionais]

onze titular [4-3-3]:

Vítor Baía;  Danilo, Fernando CoutoJorge CostaPedro Emanuel; Fernando Reges, Lucho 'el comandante' GonzálezDeco; Lisandro LópezDomingos Paciência e incrível Hulk.

suplentes: 

Beto, João Pinto, Ricardo Carvalho, Carlos Secretário; Alenytchev, Sérgio Conceição, Rui Barros; Falcao, James Rodríguez e Jardel 
melhor treinador:

Sir Bobby Robson 

20. és visitante regular do TOMO II.
duas sub-perguntas:
i) como tiveste contacto com este espaço, i.e., como me encontraste?
ii) peço-te o favor de indicares um aspecto positivo deste espaço e um aspecto (ou mais do que um) que gostasses de ver corrigido.
i) Já respondi na pergunta 1.: terá sido no Lá Em Casa Mando Eu ou no Porta 19...
ii) O grafismo é muito positivo e completo. Negativo… o esquema de cores?! Epá!, nada!!

21) não há. chegamos ao FIM! ;) MUITO OBRIGADO! pela sua colaboração. 
espero que a entrevista tenha sido do seu agrado ;)



11 comentários:

  1. Caro Miguel,

    Não imaginas a Honra e o prazer que foi responder ao teu pertinente questionário.

    Um abraço forte e grato!

    Jorge Vassalo | Porto Universal

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. @ Jorge

      o privilégio, a Honra, e o gosto, (também) foram meus, acredita!

      quanto ao «prazer», esse deixo para as damas :D

      abr@ço
      Miguel | Tomo II

      Eliminar
  2. Já não há inocência neste mundo carago.

    Para que conste faço claramente minhas as palavras do teu último parágrafo!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. não te zangues! olha que levas tau-tau :D

      abr@ço
      Miguel | Tomo II

      Eliminar
  3. Boa entrevista... ;)

    Gostei de saber um pouco mais!

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. @ João

      obrigado!
      folgo em saber que foi do teu agrado :D

      ps:
      já estão abertas as inscrições para o Jantar de Natal do "bibó FC Porto, car@go!"

      abr@ço
      Miguel | Tomo II

      Eliminar
  4. Sem qualquer dúvida, o Jorge Vassalo é um Dragão de Ouro... mas tu também és.

    Abraço para os dois

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, mas isso do "de Ouro" é um bocadão demais! Mas olhe que veio uma coisa ao meu pensamento:

      Que tal fazer uma entrevista ao próprio Miguel Lima? Tem de ser!

      Abraços aos dois!

      Jorge Vassalo | Porto Universal

      Eliminar


    2. @ dragão Vila Pouca

      obrigado! pelo elogio, se bem que o mérito vai todo para o entrevistado, numa entrevista com "muito sumo". afinal, a "fruta" também era boa :D

      abr@ços a «ambos os dois» :D
      Miguel | Tomo II

      Eliminar
  5. Pus-me a ler esta entrevista durante o intervalo do jogo de hoje e quase que perdia o início da 2ª parte.

    Ma-ra-vi-lho-sa!

    É bom ler-vos a solo, é óptimo ler-vos em conversa.

    Abraços a "ambos os dois" !

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. @ Z

      sem desprimor para os demais, esse foi o maior e o melhor elogio que já recebi até hoje, neste espaço.
      obrigado!
      (e reafirmando que o mérito é todo do entrevistado)

      abr@ço
      Miguel | Tomo II

      Eliminar

vocifera | comenta | sugere
(sendo que, num blogue de 'um portista indefectível', obviamente que esta caixa é destinada preferencialmente a 'portistas dos quatro costados'. e até é certo que o "lápis", quando existe, é azul.)

Show Emoticons