terça-feira, 6 de novembro de 2012

exibição com muita personalidade



 © AFP Images | uefa


caríssima(o),

acima de tudo fomos pragmáticos: jogámos com a contabilidade e com a possibilidade de encaixarmos (pelo menos) 4 milhões de euros - 3.5M€ pela passagem aos oitavos-de-final e os restantes 0.5M€ pelo empate. 
o "objectivo mínimo" foi conseguido, mas com muito mérito.

realizámos uma exibição sóbria (pois não houve aqueles "desliganços"); astuta (pois atacámos quando tivemos oportunidade para tal e sempre colocando "em sentido" a defesa ucraniana); autoritária (apesar de jogarmos em território "hostil", fomos nós que imprimimos o ritmo de jogo à partida); dominadora (pois controlámos os jogadores mais influentes do Dínamo de Kiev), e sempre, mas sempre, com muita personalidade.

da partida em causa, há também a reter que (i) o Rolando é uma carta fora do baralho da SAD portista (provavelmente a considerar uma possível venda dos seus direitos já em Janeiro) e que (ii) dos "putos" novos que jogaram, fiquei bastante agradado com a exibição muito segura de Abdoulaye, (logo num jogo tão fundamental como o de esta noite!) e com a performance de Castro (pois, nos quinze minutos em que interveio, fê-lo sempre com muito acerto e capaz de controlar a "tal" ansiedade que se lhe (re)conhece).
faço votos para que saibam perceber o seu lugar no plantel e que, com o trabalho que têm desenvolvido e com a humildade que se lhes pede, a sua oportunidade de serem mais regulares (logo e por inerência, titulares) chegará. já se se colocarem "em bicos de pés" e "twittarem" como se não houvesse Amanhã será mais difícil...

sobre os nossos "consagrados", considero que: Helton foi aquele esteio entre postes (e mesmo em sacrifício, prol do colectivo); Otamendi foi (no mínimo) imperial a comandar a nossa defesa; Mangala cumpriu mas não é defesa esquerdo; Danilo esteve bem pois deverá ter tido indicações para se preocupar mais com as missões defensivas da equipa; Defour, Lucho e Moutinho não sabem jogar mal; Kléber esteve em campo pouco mais de dois minutos e foi para esquecer; Varela teve, no seu pé esquerdo, a possibilidade de acrescentar mais meio milhão de euros aos quatro acima referidos mas hoje o Azar nada quis com a Fortuna dos seus últimos três jogos.

para finalizar, também eu quero agradecer ao espectador que nos ajudou a suster (talvez) o contra-ataque mais perigoso do Dínamo de Kiev na segunda parte. 
sem dúvida que foi muito precioso, mas não gostaria de estar na sua pele, sobretudo se aquele é um declarado adepto do clube da casa...


beijinhos e abraços (milhionários e muito portistas)!  
Muito Obrigado! pela tua visita :)
 



7 comentários:

  1. Boas VP,

    Antes de mais o objectivo foi atingido, 10 pontos em 4 jogos é obra.
    Quanto ao jogo acho que fomos pragmáticos, aguentamos a pressão inicial do Dinamo e depois controlamos como tinha que ser feito.
    Na minha opinião faltou um pouco de calma e mais objectividade no ultimo passe, no entanto contra factos não ha argumentos ... estamos nos oitavos.
    Com 3 ausências importantes, Maicon, Fernando e Alex Sandro ... fundamentalmente este que dá mais profundidade ao flanco, devo destacar 3 jogadores, primeiro Mangala, excelente na entrega e combatividade, joga simples e não perde bolas, depois Helton, tranquilidade e segurança como lhe é apanágio e por ultimo Varela ... está em grande e a subir de forma.

    Agora ha que lutar pelos milhões que faltam e pelo primeiro lugar.

    Um abraço

    http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Boa noite,

    Hoje, o FC Porto marcou o ponto e garantiu matematicamente a passagem aos oitavos-de-final da prova rainha das competições europeias.
    Nada de surpreendente, face à tradição do nosso clube na competição, que confirmou assim o seu favoritismo.
    Quanto aos destaques individuais, são de realçar as boas prestações de Abdoulaye e Mangala.
    O jovem Ba, não comprometeu, e na estreia europeia não tremeu e efectuou uma exibição prometedora.
    Mangala teve pela frente Yarmolenko, o jogador mais perigoso do Dinamo de Kiev, e marcou bem o ucraniano.
    Helton perante uma defensiva pouco rotinada, teve um papel fulcral no seu comando, estando muito bem nas saídas dos postes, agindo muitas vezes como um autêntico libero.
    James fez um excelente jogo, assim como Varela, que se encontra em grande forma.
    Jackson, Otamendi, Moutinho e Danilo foram outros elementos em destaque.
    Esta passagem aos oitavos garantiu 3,5 milhões que acrescem aos 11,6 milhões de euros já arrecadados, uma quantia muito importante para equilibrar as contas do clube.
    Garantido o apuramento, agora o objectivo passa pela obtenção do primeiro lugar do grupo.
    Vamos a Paris lutar pelo primeiro lugar do grupo como salientou El Comandante.

    Abraço e boa semana

    Paulo

    pronunciadodragao.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Tive que vir comentar pq vi a saída do Helton a travar um jogador isolado do Kiev, e logo a seguir a lançar um ataque com um passe longo. Espectacular. Este homem merece que haja mais cartazes com o nome dele no Dragão, merece pelo menos ser referido por cá. Palpita-me que TU não demorarás muito a honrá-lo com um daqueles posts-homenagem porque homens como estes (em todos os sentidos - profissional, humano e até musical!) não se encontram com facilidade no futebol de hoje. Obrigado ao grande Helton.

    ResponderEliminar
  4. Resultado que defende os objectivos do FC Porto que era de estar presente nos oitavos-de-final da prova, conseguido com todo o mérito, numa exibição calculista, inteligente, onde foi evidente o grande sentido colectivo.

    Referência para o comportamento dos jogadores menos utilizados que cumpriram cabalmente o que lhes foi pedido, dando garantias ao seu treinador de poder contar com eles.

    O objectivo seguinte é a manutenção da liderança até ao fim.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  5. Foi um Porto pragmático, objectivo, consciente que podia ganhar, mas que o empate também servia, aquele que na noite de ontem conseguiu, a duas jornadas do fim, garantir o apuramento para os oitavos-de-final.

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Caro Miguel,
    Um empate servia e serviu para carimbar a passagem à próxima fase da prova e para ter acesso aos milhões correspondentes ao feito. Contudo e apesar do que referi anteriormente, o empate soube-me a pouco, isto porque faltou o golo, faltou a vitória, num jogo em que o FC Porto dominou e controlou. Em suma, gostei do jogo e gostei muito da atitude da equipa, só ficou mesmo a faltar o golo…


    Cumprimentos

    Ana Andrade

    www.portistaacemporcento.blogspot.com
    www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com



    ResponderEliminar
  7. caríssimos,

    muito obrigado! pela vossa visita e pelas vossas palavras

    no fundamental:
    penso que ganhámos todos com a exibição de Terça-feira

    somos Porto!, car@go!
    «este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

    abr@ços a «ambos os cinco» :D
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar

vocifera | comenta | sugere
(sendo que, num blogue de 'um portista indefectível', obviamente que esta caixa é destinada preferencialmente a 'portistas dos quatro costados'. e até é certo que o "lápis", quando existe, é azul.)

Show Emoticons