quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

a minha "teoria da constipação"®


caríssima(o),

é sabido que o coração de André £ibras-Boas bate mais forte pelas ditas. pensa-se que também pelo (mais nosso do que seu?) FC Porto, onde já esteve sentado na sua «cadeira de sonho», mas por pouco tempo (pelo menos para o comum dos adeptos, como este que vos escreve e que o afirmou com enorme mágoa).
contudo, foi o suficiente para fazer História no Clube, deixar a sua marca (como o Zé) e receber o Dragão de Ouro pelas mãos do nosso grande presidente, com três fortes abraços à mistura e largos sorrisos de parte a parte.

ontem, uma das imagens do encontro ante o Manchester City foi o facto do ex-treinador ter aparecido na tribuna do Etihad Stadium, ladeado por Reinaldo Teles e Pinto da Costa, para assistir a tão penosa partida. foi igualmente fonte de imensa polémica e de vários comentários acintosos nesse "maravilhoso mundo que é a bluegosfera"®.

tendo em linha de conta (i) o que o caríssimo José Correia aventou em Outubro de 2011, no (muito seu) "Reflexão Portista"; descontados (ii) o azedume para com o "mestre" André e (iii) a mágoa pela forma como partiu; somados (iv) o seu (péssimo) desempenho no Chelsky e (v) a paupérrima campanha de Vítor Pereira no comando dos destinos do FC Porto, será fácil concluir que poderá estar para (muito) breve o seu regresso à InBicta.
é que, apesar de alguma (aparente) paciência, naquele bairro londrino sempre ganhou força "a tal tese" de que as £ibras só são boas enquanto o sr. Abramovich entender e que, quando ele "espirra", quem se molha arrisca-se a ficar com um euromilhões no bolso. foi assim com todos os antecessores do "mestre André", pelo que ele não será excepção.

não «acardito» que, com a (mais do que) iminente ruptura na continuidade de Vítor Pereira como treinador da equipa principal do nosso FC Porto (no limite, até final da presente época e mesmo que vença o campeonato), o nosso grande presidente aposte na promoção de Rui Quinta e/ou Paulinho Santos. tal não seria (de todo!) entendível pela nossa exigente massa adepta.
também não me parece que a época que se avizinha venha a pertencer a Domingos, Pedro Emanuel ou Leonardo Jardim - três nomes que a Comunicação Social vem "cozinhando" há algum tempo.

portanto, tendo em conta os considerandos explanados e num eventual regresso de André £ibras-Boas ao meu clube do coração, quero, desde já, expressar o meu mais veemente repúdio por tal conjectura. também manifesto a intenção de não apoiar «ao vivo e a cores» o nosso Amor comum enquanto tal (eventual) relação subsistir.
não afirmo que preferiria a continuidade de Vítor Pereira, o regresso do Professor Jesualdo Ferreira ou o ingresso (por certo fantasioso) de Paulo Bento; não sou masoquista a esse ponto!
só não me parece bem que, num cenário (não tão) hipotético como o traçado anteriormente, se aplauda quem tanto "mal" nos causou na presente época.
e eu, que sempre odiei as traições, não iria começar agora a mudar o meu sentimento - mesmo por quem, num Passado recente, nos deu tantas (e tão saborosas!) alegrias.

disse!

2 comentários:

  1. Subscrevo o sentimento que trespassa neste post do não apoio à traição e ganância, porém acho que, ou antes, penso eu de que, que o encontro de ontem nada tem a ver com um futuro regresso de "Caim" mas sim um acertar de aquisições no próximo defeso.
    Já se sabe que o Abramosbicos apoia o treinador e as suas ideias e que para o ano o investimento será certamente forte em novas caras, como tal acredito que o mais provável é o clube russo de Londres vir mais uma vez ao seu abastecedor preferido e abrir bem os cordões à bolsa.
    Esta é a minha perspectiva daquele ajuntamento de ontem entre aquelas 3 sumidades. Aliás, mais que perspectiva é uma previsão e até mesmo um desejo.

    ResponderEliminar

vocifera | comenta | sugere
(sendo que, num blogue de 'um portista indefectível', obviamente que esta caixa é destinada preferencialmente a 'portistas dos quatro costados'. e até é certo que o "lápis", quando existe, é azul.)

Show Emoticons