sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

isto está mau...


pela nossa primeira parte,
obrigado!, FC Porto pela entrega e pela garra demonstradas.

obrigado!, Helton pelas soberbas defesas (algumas, miraculosas) que nos mantiveram em jogo e a acreditar que seria possível.

obrigado!, Danilo pelos vinte e dois minutos de altíssimo nível que demonstraste, inclusive no corte que te originou uma lesão (ao que se consta, tudo indica que) grave.

obrigado!, Maicon e Mangala pelos vossos cortes providenciais.

obrigado!, Moutinho pela fluidez de jogo e precisão nos passes.

obrigado!, Varela pela alegria que me proporcionaste aos 26'.

obrigado!, Vítor Pereira por não teres inBentado.

obrigado!, sr. Cüneyt Çakir por ter mantido o Samir Nasri em jogo, desde os 35', depois de uma entrada violenta sobre João Moutinho (que nem amarelo lhe valeu!).

pela nossa segunda parte,
obrigadinho! a todos pela insónia que me provocaram e pelo mau humor com que estarei todo o dia de hoje, Sexta-feira.
só gostava de saber o que se passou na cabine para que toda uma equipa tenha dado a impressão de ter desaprendido a jogar futebol no curto espaço de quinze minutos.
é que fiquei com a sensação de que, mais quarenta e cinco minutos (em tudo) idênticos aos da primeira parte (principalmente na atitude), e viajaríamos para Manchester um pouco mais tranquilos e que os "bifes" seriam mais "tenrinhos".
agora, quero «acarditar» que ainda será possível, mas algo me diz que iremos comer um bife tártaro duro como o raio que o parta!

beijinhos e abraços (desanimados)!
e Muito Obrigado! pela tua visita :)

1 comentário:

  1. Foi um Porto de duas faces.

    O da primeira parte, vestido da fato de gala, exibindo os galões de Campeão da Liga Europa, explanando no terreno de jogo um futebol agradável, vistoso, intenso e competente. Só rendeu um golo, também por culpa de um turco que se deve ter esquecido de trazer o apito da Uefa e pediu emprestado, o encarnado da APAF.

    O da segunda parte, envergando a fatiota foleira que vem trajando ao longo de quase toda esta época, praticando um futebol abúlico, trapalhão, inconsistente e pior que isso acumulando erros de palmatória, que em alta competição se pagam caros.

    A par de tudo isto, as dificuldades naturais frente a uma equipa nitidamente superior, por força da qualidade do seu plantel, paga a peso de ouro.

    A eliminatória está perdida e com ela se esfuma a única possibilidade de salvar, de alguma forma, a época.

    O infortúnio quis também marcar presença, afastando talvez até final da época, a grande promessa Danilo.

    Um abraço

    ResponderEliminar

vocifera | comenta | sugere
(sendo que, num blogue de 'um portista indefectível', obviamente que esta caixa é destinada preferencialmente a 'portistas dos quatro costados'. e até é certo que o "lápis", quando existe, é azul.)

Show Emoticons